.

Clique aqui e escolha a sua no Site TonyGifsJavas.com.br

O SABOR DA VIDA COMEÇA NA COZINHA


.

domingo, 25 de setembro de 2016

Receita de Strogonoff de Frango - Betechef



O estrogonofe é um prato clássico, que agrada a maioria das pessoas e pode ser servido nas mais variadas ocasiões, desde numa refeição simples do dia a dia até num almoço de família no final de semana.

Os mais conhecidos são os estrogonofes de carne e de frango, mas ainda é possível usar camarão como ingrediente principal ou ainda, usar mesmo a criatividade na hora de preparar o prato, fazendo, por exemplo, um estrogonofe sem nenhum tipo de carne.

Apesar de ser um prato superpopular, cada pessoa geralmente tem seu “segredinho” para prepará-lo, o que torna o estrogonofe o prato preferido de muita gente!


INGREDIENTES:
1 Kg de peito de frango limpo, sem pele cortado em cubos
3 colheres (sopa) de óleo
4 dentes de alho socados ou espremidos
Suco de limão
1 latas de creme de leite com soro
1 embalagem de pomarola salsa e cebolinha
4 colheres (sopa) de ketchup
3 colheres (sopa) de mostarda
champignon (opcional)
Sal a gosto
água o suficiente para cozer o frango
Batata palha e arroz branco para acompanhar

Preparo:
Comece temperando o frango com dois dentes de alho, sal,  orégano a gosto e o suco de limão. Reserve. Leve uma panela ao fogo médio, acrescente o óleo,deixe esquentar um pouco e coloque o restante do  alho e deixe  dourar. Logo em seguida coloque o frango picado em cubos e deixe refogar bem e coloque água o suficiente para cozinhá-lo, sempre dando uma olhadinha para não queimar.
Assim que o frango estiver bem cozido, acrescente o molho de tomate, o ketchup, a mostarda e os champignons a gosto. Mexa e deixe formar um molho bem cremoso, mas não muito grosso. Abaixe o fogo e coloque o creme de leite e mexa bem até se tornar um creme homogêneo.



sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Benefícios do leite de soja




Os benefícios do leite de soja são, especialmente, ter um efeito positivo na prevenção do câncer devido à presença de substâncias como as isoflavonas da soja e os inibidores da protease. Além disso, outros benefícios do leite de soja podem ser:

-Diminuição do risco de doenças do coração,
-Combater a osteoporose,
-Ajudar a controlar a diabetes e o colesterol alto.
-O leite de soja é rico em proteínas, fibras, vitaminas do complexo B e ainda possui alguma -concentração de cálcio, porém, ele só deve ser utilizado como substituto do leite de vaca para bebês e crianças sob orientação do médico ou do nutricionista.

O leite de soja é livre de colesterol e tem menos gordura do que o leite de vaca, sendo muito benéfico para a saúde, mas o leite de vaca pode ainda ser substituído por leite ou bebidas de arroz, de aveia ou de amêndoas, caso o indivíduo apresente alergia à proteína do leite de vaca ou de cabra ou intolerância à lactose. Além do leite, a partir da soja também é produzido o tofu, um queijo pobre em calorias que ajuda a prevenir câncer e a emagrecer. Veja os seus benefícios aqui.

Os malefícios do leite de soja para a saúde são minimizados quando o produto é devidamente industrializado, mas não são totalmente excluídos e, por isso, o seu consumo deve ser feito com cautela, pois as bebidas de soja contêm antinutrientes que diminuem a capacidade do organismo de absorver alguns nutrientes, como minerais e alguns aminoácidos.

Crianças e bebês só devem tomar leite, suco de soja ou qualquer outro alimento à base de soja sob orientação médica, pois a soja pode ter um efeito negativo sobre o desenvolvimento hormonal das crianças e isto pode levar à puberdade precoce e outras alterações hormonais importantes, além disso, ele não contém colesterol, uma substância essencial para o desenvolvimento adequado do cérebro e do sistema nervoso central das crianças.
Cada embalagem de bebidas de soja dura em média 3 dias se ela ficar sempre dentro da geladeira e, por isso, não se deve consumi-la após este prazo.


Como fazer leite de soja em casa

Ingredientes:
1 xícara de grãos de soja
1 litro e meio de água

Modo de preparo:
Escolher os grãos da soja, lavar bem e deixar de molho de um dia para outro. No dia seguinte, escorrer a água e lavar novamente para colocar em um liquidificador e bater com a água. Coar em um pano de prato e colocar em uma panela levando ao fogo. Quando levantar fervura, deixar em fogo baixo por 10 minutos. Esperar esfriar e colocar na geladeira.

Fonte:Tua Saúde


Suco Verde Com Leite de Soja & Suco de Couve com Laranja e Gengibre

O suco de couve é um tônico mineralizante excelente para o organismo, além de atuar como vermífugo e estimulador do apetite. Apesar de o suco possuir um teor de calorias muito baixo, ele satisfaz a sensação de apetite. Sendo assim, pode ser recomendado para tratamento em obesos.

Ingredientes:
1 folha grande  de couve rasgada (bem lavada e com talos)
1 copo de leite de soja zero

Modo de preparo:
Pique a couve e bata tudo no liquidificador até obter uma vitamina de textura homogênea. 
Sirva em seguida.


-------------------------------------------------------------------------


Suco de Couve com Laranja e Gengibre
Ingredientes:
2 folhas de couve rasgadas (bem lavadas e com talos)
1 laranja descascada
1 pedaço de gengibre sem casca (1 cm)
água

Preparo:
Corte as laranjas em pedaços, tire as sementes e coloque no liquidificador. Junte a couve, o gengibre, a água e bata bem. Coe, e sirva em seguida.


O que é que a couve tem?

Ingrediente indispensável da brasileiríssima feijoada e do caldo verde, que herdamos de Portugal, a couve, além de ser barata e fácil de encontrar em todo o país, oferece vários benefícios. Surpresa? Nós também ficamos. A questão é quanto mais os especialistas estudam essa verdura, mais surgem vantagens. Chega a parecer uma bula de remédio: a couve é anti-inflamatória e cicatrizante. E, superimportante, ajuda a fixar o cálcio nos ossos.

De onde vêm esses poderes? Dos glicosinolatos, fitoquímicos naturais que, por terem ação desintoxicante, estimulam o organismo a se livrar até mesmo das substâncias cancerígenas, além de fortalecer o sistema imunológico. A partir daí, tudo funciona melhor. Quando você coloca a verdura no prato, também se serve de uma variedade incrível de vitaminas e minerais que, combinados aos fitoquímicos, favorece a absorção dos outros nutrientes da refeição, especialmente do cálcio. Nesse aspecto, a nutricionista Denise Madi Carreiro, de São Paulo, chega a comparar a folha ao leite materno.

Denise, que é conselheira do Centro Brasileiro de Nutrição Funcional, afirma que a couve é um alimento até mais adequado para os ossos que o leite de vaca. “Além de ter cálcio e magnésio, ela carrega esses dois minerais na proporção adequada”, explica a nutricionista. O que isso significa? O cálcio precisa do magnésio na medida certa para conseguir exercer suas funções, entre elas, formar a massa óssea.

O leite de vaca tem nove vezes menos magnésio e três vezes mais cálcio do que a proporção necessária. Segundo Denise, isso faz com que o cálcio do leite tenha dificuldade de se fixar no nosso esqueleto. “Pior, ele rouba o magnésio existente no organismo. E, como a maior parte desse mineral fica concentrada dentro do osso, consumir mais cálcio do que magnésio aumenta o risco de perda de massa óssea. Daí para a osteoporose é um pulo”, diz a especialista.

O magnésio ainda é parceiro do cálcio em várias outras tarefas: ajudar o corpo a se livrar do acúmulo de gordura, manter a pressão arterial sob controle, regular a ação de hormônios e controlar os movimentos dos músculos (o cálcio contrai a musculatura e o magnésio relaxa). Além disso, o magnésio é fundamental para a formação e funcionamento de todos os neurotransmissores, sem exceção. É por isso que sem ele você se sente desanimada e até mal-humorada.

Na couve, o magnésio faz parte da clorofila - substância que dá a cor verde à folha e com potencial de renovar as células do nosso organismo. Quer dizer que a verdura tem mais essa vantagem: rejuvenesce. Depois de descobrir todos os poderes dela, a gente fica até com vontade de fazer uma “plantação” em casa. Mas como quase ninguém tem espaço nem tempo para isso, BOA FORMA foi atrás de sugestões práticas de consumo para você. Aproveite para colocar a couve mais vezes no seu cardápio.

Fonte:Boa Forma



Cocada Cremosa Caramelizada






Não sei se menciono como doce cremoso de coco ou cocada cremosa, sei que o sabor é fantástico! Com queijo  minas para acompanhar não tem quem resista. Confira a receita que é simples, mas deliciosa...

INGREDIENTES
4 xícaras (chá) de  água fervente
4 xícaras (chá) de açúcar
4 xícaras de (chá) de coco ralado grosso ( fresco é melhor)

Preparo:
Colocar o açúcar em uma panela e levar ao fogo para derreter e dourar. Juntar a água fervente, mexer bem e cozinhar até formar uma calda rala. Acrescentar o coco e mexa sempre ficar cremosa. Deixe esfriar e sirva.

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Urucum, o famoso colorau, emagrece além de dar cor


Solução feita com a semente brasileira funciona como redutor de gordura localizada


Semente até então de uso muito popular no país para dar cor às receitas e força ao bronzeado (e mais conhecida como colorau), o brasileiro urucum aos poucos vem conquistando alguns nutricionistas, médicos e adeptos da boa forma.

A sementinha possui substâncias que potencializam a absorção de insulina pelo nosso organismo. 
Isto, segundo a nutróloga Sylvana Braga (UFRJ), especialista em prática ortomolecular e autora do livroDieta Ortomolecular – O Segredo de Rejuvenescer em Total Harmonia, estimula a redução da gordura periférica, favorecendo, assim, o emagrecimento corporal.
- O poder emagrecedor do urucum surge a partir de um ativo extraído da semente. Mas essa solução deve ser tomada somente com prescrição médica. Seu uso foi aprovado pela Anvisa e não apresenta efeitos colaterais.
O nutricionista André Pellegrini, da USP, vê a novidade com mais cautela.
- Em 2005, um artigo publicado no The Journal of Nutritional Biochemistry mostrava que pesquisadores verificaram que o excesso de carotenóides, como os presentes no urucum, favorece o câncer pulmonar em fumantes.
Mas, segundo Sylvana, a única coisa que pode acontecer a quem consumir a solução de urucum em excesso é gastar dinheiro à toa, pois não vai emagrecer mais (nosso corpo se encarrega de eliminá-lo).
- Não há contra-indicação. A dose vai variar de acordo com o peso e o metabolismo do indivíduo.
A riqueza em antioxidantes carotenóides do urucum, explica Sylvana, contribui para a baixa do colesterol total, redução do mau colesterol (LDH) e aumento do bom colesterol (HDL). Pode enfraquecer, também, os indutores de câncer de intestino e do reto.
Para quem quiser apostar nos sucos e vitaminas preparados com semente de urucum triturada, a nutróloga dá o toque de que o efeito será mínimo.
- Indico os sucos apenas como manutenção da boa forma. O efeito emagrecedor não está propriamente no urucum em sua condição natural, mas na manipulação prescrita de seu ativo isolado em laboratório.
As sementes trituradas ajudam nessa manutenção, diz ela, se acrescentadas à dieta em saladas, massas e sopas

Receita de Bife à rolê da Betechef

Que tal um bife diferente e saboroso para o dia a dia.....







Ingredientes:
1 cenoura cortada em tiras
4 fatias de bacon cortado em tiras
4 bifes 
1 cebola grande picada
2 tomates picados picados
2 colheres (sopa) de óleo
2 dentes de alho amassados
Sal e pimenta do reino à gosto
2 xícaras (chá) de água
3 colheres (sopa) de cheiro verde picado
Sal, Colorau e pimenta do reino a gosto

Preparo:
Primeiro tempere os bifes com um pouco de sal e dois dentes de alho.Para enrolar os bifes, estique-os em uma tábua, coloque um pedaço de bacon de fumado e a cenoura em tiras. Enrole os bifes e prenda - os com palitos de dente. Coloque o óleo em uma panela de pressão, adicione o alho, deixe dar uma leve dourada.  Coloque a cebola refogue um pouco, adicione o colorau os tomates, o sal e em seguida coloque os bifes enrolados e a água. Feche a panela de pressão e quando começar a chiar abaixe o fogo e conte 30 minutos. Verifique se esta cozido e o ponto do sal, se precisar coloque um pouco mais de água e deixe cozinhar um pouco mais...


quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Quiche Aberta de Espinafre com Queijo


 Uau! Ficou simplesmente deliciosaaaaaa!!! Muito gostosa mesmo, vale a pena conferir esta receita, fazer e dividir com toda a família e amigos.É uma ótima opção para o  lanche da   tarde, mas acompanhada de uma salada  verde substitui tranquilamente  uma refeição do dia. Ah, já ia me esquecendo de comentar, essa receita tirei do site do Daniel Bork do Dia a Dia,  com algumas alterações. Gosto de simplificar ao máximo minhas receitas e sempre que possível dou meu toque pessoal a cada uma delas.






Ingredientes
Para a Massa:

  • 300 gramas de farinha de trigo
  • 150 gramas de margarina em tabletes (1 tablete e meio)
  • 2 ovos
  • 1 colher (chá) de sal


Para o Recheio:
  • 2 colheres (sopa) de óleo
  • 2 dentes de alho fatiados
  • 1 cebola média fatiada
  • 2  maços de espinafre escaldadas, bem  batidinhas  e escorridas
  • sal  a gosto
  • 100 gramas de queijo minas padrão ralado
  • 100 gramas de queijo branco ralado
  • 200 gramas de creme de leite
  • 2 ovos
  • finalize com salsa e cebolinha a gosto

Preparo da Massa:

Para a massa, coloque todos os ingredientes  em uma vasilha e misture bem até ficar uma massa homogênea. Em seguida, tampe a vasilha com uma toalha de prato e  deixe descansar  por aproximadamente 30 minutos. Retire a massa, abra em  uma assadeira, espalhando com as mãos. Se tiver uma   assadeira  de fundo falso, melhor ainda, pois  o resultado final de sua torta será mais bonito. Caso contrário não tem nenhum problema. Reserve.


Preparo do Espinafre:
Lave bem o espinafre separando as folhas, tirando os talos mais grossos deixando os mais fininhos. Pegue uma panela grande. Coloque, as folhas do espinafre, uma pitada de sal e água o suficiente para dar uma rápida aferventada. Leve ao fogo e quando começar a ferver desligue e abafe por uns 10 minutos. Escorra, esprema bem o espinafre.Pique o espinafre com a faca, batendo bem sobre uma tábua em todos os sentidos até que o espinafre fique bem picadinho. Coloque-o em uma peneira fina e deixe escorrer bem, apertando com um as costas de uma colher para que saia toda água do espinafre. 

Para o recheio, em uma panela com óleo refogue,   o alho e a cebola. Coloque o espinafre que já foi  bem batidinho e já esta bem  sequinjo.  Em uma tigela coloque o creme de leite, o leite, os ovos, a salsa e a cebolinha, os queijos. Tempere, bata com um fouet, acrescente o espinafre reservado e coloque na assadeira com a massa reservada. Leve ao forno moserado (180ºC) por aproximadamente 45 minutos ou até que fique bem firme e dourada.

Fonte:http://entretenimento.band.uol.com.br/diadia/receita/22753/Quiche-de-Espinafre-com-Queijo-Estepe.html.

É  Bom Saber:
Alemanha e França dividem a procedência desse delicioso prato. Comum na região francesa da Alsácia-Lorena, a quiche tem origem remota no chen, uma espécie de torta alemã. 

Mas nem sempre o prato teve esse nome. Quando da sua origem, datada do século 16, na cidade francesa de Nancy, ele ainda recebia o nome de "féouse". A iguaria nada mais é do que uma torta salgada recheada com uma espécie de pudim cremoso de cebola, ovos, creme de leite fresco, toucinho, pimenta do reino, noz moscada e sal. 

Por extensão, a maioria das tortas salgadas feitas no mesmo formato passaram a levar o nome de Quiche Lorraine. Vale lembrar: a massa que envolve o recheio, chamada de "podre" ou esfarelada, recebe também na gastronomia francesa o nome de pâte brisée, quando salgada e pâte sucrée quando doce. 

Espinafre

Como a maioria das hortaliças de folhas verde-escuras, o espinafre é recomendado principalmente para gestantes e crianças, pois previne a anemia e a desnutrição. O alimento é indicado também para as gestantes, por ser uma importante fonte de ácido fólico.

 O ácido fólico é uma vitamina que contribui diretamente para a formação do tubo neural do feto e essencial para o tratamento de certas anemias, além de contribuir para a manutenção da memória, fluência da fala e velocidade de processamento das informações.
 A hortaliça também colabora para conservação da pele, proteção do aparelho digestivo e, principalmente, a manutenção do sistema nervoso, tornando-se essencial para o desenvolvimento dos nervos e do cérebro.